segunda-feira, agosto 13

Epigrama N° 2

Vêem os que me enxergam, em meus olhos dois abismos:
Fundo de um mar sem vida, vida minha num mar sem fundo.

3 comentários:

  1. Lindeza de poema, moça...
    Tão sucinto quanto profundo.
    Comida pouca que se degusta muito.
    : ]

    Quero indicar esse trabalho - do qual sou parte integrante: http://www.uefs.br/nit/site/jornal.html
    Envie-nos seus textos...

    ResponderExcluir
  2. Permita-me acessar seu Ensaio

    e

    volte para o facebook!

    ResponderExcluir

10:20