quarta-feira, dezembro 28

Teu

Eu vejo através do teu sorriso
E me desmoralizo no teu beijo.
E se ao instante resisto,
- Já não existo!
É só vontade, é só meu corpo
Minha carne que treme.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

10:20