quarta-feira, dezembro 14

O Rascunho

Nesse tempo que anda louco
Eu conheci vários outros
Mas nenhum foi como você,
E por melhor que fossem,
- E sim, eles eram!
Eu olhava pro lado; Eu buscava o céu;
Eu sentia frio.
Mas
Oh, sim, tu me deste alegria!
Que sempre ao me deixar
Me deixou-te em poesia
- porque eu entendo! O que ele diz
Sobre o grande íntimo da noite
Mas
Agora corre, o tempo corre
Eu, pequena, como aprendiz,
Não vivo onde o amor morre
Ou ainda só
Evitando qualquer cicatriz
À beira da psique da verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

10:20