quinta-feira, agosto 28

Um último momento

Na noite em que a tristeza não terá lugar e o mundo estará em felicidade plena ela se encontrará sozinha.

- Não haverás para onde ir, teu ser será teu único abrigo. O excesso de emoções invadirá sua mente, fazendo-a encarar o vazio. Uma lágrima escorrerá, seguida de muitas outras. Até cessar, até secar. Um choro sem sentido, sem pedido, sem perdão. Tu serás incapaz de chorar, tu nunca choraste. Choraste tu? Apenas nunca pudeste controlar. Verás tua morte como um pecado, mas a ansiarás a todo segundo. Tu fingirás teu sorriso e teu amor, para amenizar a dor. Lembrarás do gosto de viver, verás as cores e sentirás de novo para que possa dizer adeus e partir com a lembrança de um último momento.

Estas serão as últimas palavras que lhe serão ditas. Uma despedida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

10:20